Edivaldo 36 assina Pacto pela Juventude

“Em meu governo, o jovem voltará a participar das conquistas de São Luís e do projeto político de nossa cidade”, afirmou Edivaldo.

Durante a Plenária 36 da Juventude, na última sexta (19), Edivaldo Holanda Júnior e Roberto Rocha assinaram o Pacto pela Juventude, recebido das mãos da presidenta do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), Ângela Guimarães. Diante de todos, o candidato da mudança assumiu o compromisso de valorizar o jovem de São Luís em seu governo.

O Pacto pela Juventude é uma proposta do Conjuve para que os governos (federal, estadual e municipal) se comprometam com políticas públicas para a juventude e para que os candidatos políticos incluam em seus Planos de Governo as demandas da juventude brasileira.

“O Pacto pela Juventude traz nove propostas de valorização do jovem e o Conjuve tem buscado o apoio de candidatos como Edivaldo, que se disponham a incluir os jovens em suas plataformas eleitorais,” afirmou Ângela Guimarães.

Os jovens, hoje, formam um terço da população brasileira. Para a presidenta da Conjuve, essa realidade mostra que a necessidade de uma mudança política é urgente.

“Hoje nós temos políticas públicas para os jovens, mas não há ressonância. Por isso, precisamos do apoio dos governantes para defender o interesse desse grupo que é tão expressivo. Nossa pauta coletiva e não visa interesse de particulares.”

Ao assinar, diante de todos, o Pacto pela Juventude, Edivaldo assinalou a importância da participação jovem nas decisões políticas e de prioridades da administração pública: “A partir de agora, a juventude volta a participar das conquistas de São Luís e do projeto político da nossa cidade. Nenhum administrador pode roubar o futuro da juventude e é por isso que pensamos em fazer uma política diferente, com valorização do jovem e transparência.”

A presidenta da Conjuve agradeceu o apoio de Edivaldo Holanda Júnior às demandas da juventude. “Edivaldo é um candidato jovem, tem força e eu posso ver que ele assumiu o Pacto pela Juventude com sinceridade, em essência. Agora o nosso apoio continua, para que ele conquiste essa vitória e faça um governo com democracia e transparência,” afirmou Ângela Guimarães.

RETA FINALÍSSIMA!

Estamos na reta final do Pacto pela Juventude! Agora, é fundamental sistematizarmos todas as atividades para finalizarmos o Relatório e divulgarmos a lista de comprometidos/as com as demandas da juventude brasileira.

Para isso há apenas uma maneira: O preenchimento e envio do Relatório anexo, com as atividades já realizadas para o e-mail: pactopelajuventude2012@gmail.com

No assunto, especifique RELATÓRIO DE ATIVIDADES.

Quaisquer dúvidas, por gentileza entrem em contato!

Prefeito Brivaldo o assina o Pacto em Bodocó/PE

No último dia 22 de setembro, o prefeito Brivaldo Pereira Alves, que disputa a releição na cidade de Bodocó -PE assinou o pacto pela juventude, logo depois da caminhada da Juventude pela feira livre da cidade.

Em São Caetano do Sul/SP, Regina Maura assinou o Pacto

Foi realizada neste domingo dia 30 de Setembro a assinatura do Pacto de Juventude em São Caetano do Sul – São Paulo, com a presença da Candidata a Prefeita Sra. Regina Maura do PTB, além da candidata ao executivo, mais 06 candidatos à vereança municipal marcaram presença e assinaram o termo de compromisso do pacto.

O Evento aconteceu no Comitê Politico de Juventude da Coligação “A Cidade no Rumo Certo” e contou com a presença de mais de 140 pessoas.

Foi realizada uma apresentação do Pacto com a presença do Conselheiro Nacional de Juventude – CONJUVE, Beto Teoria, Presidente Nacional da Nação Hip Hop Brasil, que junto com os presentes e a candidata a Prefeita Regina Maura, realizou uma roda de conversa com os presentes onde foram abortados vários temas que devem ser discutido junto às demandas e necessidades para um plano das politicas públicas para juventude.

Pacto pela Juventude e Responsabilidade Cidadã – um marco histórico na Campanha Eleitoral 2012 em Marília/SP

O Pacto pela Juventude e Responsabilidade Cidadã realizado no dia 20 de Setembro de 2012, às 19h00 na FAJOPA (Faculdade João Paulo II), ato organizado pelo Conselho Municipal da Juventude juntamente com as entidades: FAJOPA (Núcleo de Juventude), Força Jovem Universal, União Estadual dos Estudantes de São Paulo UEE/SP, UGEM, JUSAMI, Movimento Kizomba, União da Juventude Socialista, Juventude do Partido dos Trabalhadores, DANGEROUS STYLE, ONLY STREET FACE e DEF KINGZ CREW.

Será sem dúvida, um marco histórico para Juventude Mariliense, tendo em vista a garantia da 3ª Conferência Municipal de Políticas Públicas de Juventude que terá como objetivo a elaboração do Plano Municipal da Juventude que traçará as diretrizes da política municipal de juventude por dez anos; a Aprovação da Lei do Fundo Municipal da Juventude que propiciará os financiamentos de projetos elaborados por jovens da cidade e a Revitalização e Conservação de espaços públicos que são ocupados pelos jovens como a Pista de Skate, as Praças e os Poliesportivos, mais a garantia da permanência Secretaria Municipal da Juventude como órgão específico e interlocutor com as demais pastas de aplicação das políticas públicas de Juventude.
Essas pautas foram assinadas por todos os candidatos a Prefeito no pleito eleitoral de 2012, sendo eles, Cecílio Espósito do PSOL, Daniel Alonso do PSDB, Luís Eduardo Diaz do PV, Tato do PMDB, Ticiano Toffoli do PT e Vinicius Camarinha do PSB, concebendo que um deles será eleito para a gestão 2013-2016. Os mesmos concordaram na íntegra com toda a demanda de juventude, além de se comprometerem com a Responsabilidade Cidadã, que é governar com os princípios da ética, transparência, fraternidade e honestidade a frente de todas as suas ações.

O Pacto pela Juventude também ficará registrado na história da cidade como o maior evento político intrapartidário da Campanha Eleitoral de 2012, reunindo mais de 600 pessoas, onde a presença maciça foi do público juvenil. Também vale ressaltar a participação de todos os candidatos a prefeito e mais de 50 candidatos a vereança, líderes partidários, lideranças comunitárias e ativistas sociais, todos se desdobrando num panorama em que a juventude de Marília está na ordem do dia, ou seja, a Juventude é o presente, é o agora e não o futuro.

Um ponto importante tratado no Pacto pela Juventude foi a desmitificação da imagem errônea do jovem, sempre propagada por setores da mídia nacional e por sujeitos conservadores que afirmam que os jovens são problema social, sinônimo de violência, AIDS, Drogas e não gostam de política, identificando-os como uma geração individualista.

Para desmontar esse discurso vale a pena fazer referência às grandes mobilizações nacionais que a Juventude brasileira fez na história do país pela soberania, distribuição de renda e emancipação do nosso povo e contra a corrupção, como foi na Campanha do “Petróleo é nosso” na década de 1950, o patrimônio brasileiro é do povo brasileiro. Durante o período da Ditadura Militar (31 de março de 1964 a 31 de março de 1985) a juventude foi á rua lutar pela liberdade de expressão, por participação política da sociedade e isso resultou nas mortes e torturas de milhares de jovens.

Também teve papel fundamental na redemocratização do país, na campanha das “Diretas Já” o que impulsionou a elaboração de uma Constituição Cidadã. No ano de 1992, com as “Caras Pintadas”, os jovens pressionaram e foram decisivos para o impeachment do Presidente da República Fernando Collor de Melo, que roubou o povo brasileiro. Na década de 1990, principalmente no período de 1995 a 2002, não aceitou o desmonte do Estado brasileiro com a chamada “era das privatizações”, vendas estatais como a Vale do Rio Doce e as Companhias energéticas, telefônicas e siderúrgicas. Na época o falso discurso era de que traria benefícios sociais e colocaria a máquina pra funcionar, uma enganação dos neoliberais apoiados pelo apoio midiático, o que, no entanto resultou no aumento da concentração de renda e ausência do Estado brasileiro na aplicação de políticas sociais.

De fato, a juventude sempre teve participação efetiva e se posicionou frente às decisões dos rumos que nosso país veio tomando ao longo da história.

Vale ressaltar, a título de ilustração, o aumento de 39% dos eleitores de 16 e 17 anos, de 2006 em relação a 2002, o que significa que a juventude vem desejando tomar decisões na esfera eleitoral.

Agora com o olhar local, a juventude mariliense se manifesta de diversas formas e maneiras, seja em passeatas do movimento estudantil, exigindo o “Passe Livre”, ou nas ações comunitárias e nas entidades religiosas que trabalham no combate à fome, na preservação ambiental, na efetivação direito a vida e à experimentação segura, no combate às drogas.

Essas mobilizações e ações foram fundamentais para cidade de Marília ter largado na frente na implementação de um órgão de Juventude no ano de 2009, onde mais de 53 entidades se organizaram para tal êxito, criando assim, a Secretaria Municipal da Juventude. Por ela obtivemos a organização de duas conferências de juventude a alteração da lei do Conselho Municipal da Juventude, além da aplicação de políticas públicas específicas pra Juventude nas mais variadas esferas sociais, como um processo rico, que ajuda no desenvolvimento social, elevando a mentalidade dos jovens e do povo da cidade!!!!

Mais informações:

Por Alex Vasconcelos, Presidente do Conselho Municipal de Juventude

Em Alto Paraíso/RO, Candidatos assinam o Pacto pela Juventude

 

Em atividade com a juventude de Alto Paraíso, a candidata à Câmara Municipal, Cris Barbosa 11222 assinou o compromisso na noite do dia 02 de outubro.

Na mesma oportunidade, o candidato à Prefeitura Jorjão 11 e seu vice, Beta.

Em Cabo Frio/RJ, Janio 12 assina o Pacto pela Juventude

Dia 27 de setembro foi um dia histórico pra a juventude da cidade de Cabo Frio, um Ato Político em que o candidato a prefeito Jânio Mendes (PDT) assinou a carta compromisso nomeada PACTO PELA JUVENTUDE, uma carta elaborada pelo CONJUVE(Conselho Nacional de Juventude) a qual,atende as principais bandeiras da Juventude. Ato Político que além da

presença do candidato #Janio12 junto com a sua vice-prefeita Rute,contou com a presença de Lideranças do Movimento Estudantil, como presidentes e representantes do Grêmios Estudantis Livres da cidade, e
de Lideranças Estaduais, tais como:

Caio Lisboa, como Vice-Lagos da Executiva Estadual da Juventude Socialista do PDT-RJ;
Caio Malta – Diretor de Assistência Estudantil da UEES Rio de Janeiro e tesoureiro do Grêmio Estudantil do Rui Barbosa
Pedro Chaffin – Presidente do Grêmio Estudantil do Rui Barbosa
Victor Davidovich – Presidente do Grêmio Estudantil Do IFF- Cabo Frio
Mirella Mendez – Presidente do Grêmio Estudantil do IGA(Ismar Gomes de Azevedo)
Matheus Ramalho – Presidente do Grêmio Estudantil do Centro Politécnico da UFRJ
Ruan Lindemberg – Presidente do Grêmio Estudantil do CIEP 458
Hiago Volx Carvalho – Presidente do Grêmio Estudantil do Elza Santa
Rosa Bernardo
Matheus Avelino – Presidente da Associação Estudantil de Cabo Frio

A Interiorização das PPJs e o Direito a Participação, bandeiras levantadas pela Juventude da Região dos Lagos na última Conferência Nacional de Juventude, hoje torna-se discurso não apenas defendido por nós, jovens, mais também dos políticos que nos representam. O Jovem de hoje é SUJEITO DE DIREITOS, garantidos pela Constituição! Conquista
nossa, porque fomos as ruas, a luta, com o Movimento Estudantil, com as juventudes políticas partidárias, com parlamentares, com todos, mães, pais, tios e avôs, amigos e professores… Transformando os sonhos de uma juventude em Realidade.

Hoje, nós jovens, temos uma Secretária Nacional de Juventude, que foi criada pelo Lula em 2005, que atende especificamente as demandas dos jovem com Políticas Públicas. Porém, nossa luta não chegou ao fim, precisamos de mais! Precisamos de uma Política Pública que chegue a todos os municípios, que não só o jovem da capital veja e tenha acesso, mas que principalmente o do interior saiba o que é ter acesso ao teatro, ao esporte, a formação técnica, a formação superior, o direito ao trabalho descente. É para que o jovem quando chegue aos 29 anos tenha seu trabalho, sua formação, e não dependa dos auxílios do governo para SOBREVIVER dignamente.

Parabéns Jânio Mendes, por assumir o compromisso de não só dar atenção as PPJs, mas, principalmente em querer transformar a Coordenadoria de Juventude em uma Secretaria Municipal de Juventude, dando a autonomia e reconhecimento para a juventude de Cabo Frio, caminho esse que é pregado pelo Conselho Nacional de Juventude, AUTONOMIA E EMANCIPAÇÃO
DA JUVENTUDE, entendendo que o jovem é o futuro de nosso país!

Enviado por Caio Lisboa (Coletivo BúziosJovem)